Vitor Pamplona

Innovation on Vision: Imaging , Enhancement and Simulation

Venda o seu Televisor!

 Isso mesmo. Venda. Sem dó nem piedade. Venda junto o aparelho de DVD a antena parabólica e qualquer outro objeto ligado a TV. Você pode assistir filmes no cinema e qualquer outro evento no bar da esquina, junto com seus amigos. Notícias globais podem ser lidas na internet e as notícias locais no rádio.  

Eu vim de uma família noveleira. Daquelas que assitem o Jornal Nacional, a novela das 8 e todos os outros programas até a hora de dormir. Até o momento que entrei na faculdade, eu cumpri regularmente o meu papel de espectador. Por causa das aulas noturnas, fui obrigado a me desligar parcialmente do aparelho, telespectando (como se isso fosse uma ação) somente depois das 23:00 em dias úteis e aos sábados e domingos. Quando me mudei para Porto Alegre, a pressão do Mestrado diminuiu meu tempo em frente a telinha, mas ela continuava lá, como um vício.

Depois que eu li o ócio criativo concluí que a TV, às vezes, me fazia perder meu tempo ocioso, pois eu não aprendia nada, não fazia nada para o Mestrado, e ainda não me divertia. Naquele dia eu cometi o erro de não dar a devida importância à TV. Ela me distraia do trabalho mas não me divertia e, como não me divertia, eu precisava de tempo para me divertir. Naquela época, não trabalhar e se divertir eram sinônimos para mim.  

Há duas semanas eu entendi que o " não trabalhar " não significa " se divertir " e que o tempo gasto em coisas como a TV poderia ser melhor aproveitado. O simples fato de você jantar assistindo TV te prejudica, pois o teu cérebro poderia estar trabalhando enquanto você janta, criando um post para o seu blog, por exemplo. Se você costuma sentar e assistir TV algumas horas por dia, pense em como seria mais legal se este tempo (algumas horas) fosse dedicado ao seu filho, a sua esposa, namorada ou a você mesmo. Lacrei a tomada da TV (não pude vender porque ela não é minha) e comecei a usar intensamente todas as 17 horas que permaneço acordado por dia.

Eu sempre gostei da minha produtividade mental nas viagens de ônibus que faço para Gaspar todo o mês. São nove horas de viagem, iniciando as 21:30 aqui em PoA / RS e terminando as 6:30 lá em Gaspar / SC. Como não há nada para fazer no ônibus eu simplesmente ficava quieto, pensando. Tive várias idéias interessantes entre as 21:30 e as 24:00 na viagem. Nunca conseguiria fazer o mesmo, com a mesma intensidade, em Porto Alegre ou em Gaspar, porque nunca ficava isolado sem distração.  

Na primeira janta após a " venda " da TV já senti os resultados. Consegui trazer para o meu dia-a-dia aquela produtividade mental que eu só conseguia no isolamento das viagens. Ante-ontem quando eu pensava sobre isso tudo, concluí que eu não apenas havia entendido o ócio criativo, mas que agora eu estava realmente entrando no jogo do Domênico. Dividindo o meu tempo apenas entre trabalho e diversão.  

Venda a sua TV, ou qualquer outro dispositivo que te faça vegetar: nem trabalhar, nem se divertir; e você sentirá a diferença.  

Posted in Sep 13, 2008 by Vitor Pamplona - Edit - History

Showing Comments

Ótimo post. Eu já estou há 3 anos sem televisão, e a cada dia que passa fica mais evidente para mim o quanto as pessoas perdem ao assistirem televisão, em geral.

T +

- - Rodrigo

- - Posted in Sep 13, 2008 by 189.120.153.243

Eu concordo que se perde muito, mas tb tem o outro lado. Eu assisto House, na Net. É uma das forças mais motivadoras que eu tenho. O jeito profissional que ele resolve os casos, a postura que ele tem de " não ligar ligando " pras coisas, o alto nível técnico e profissional são fatores que servem como grande exemplo e inspiração. Mas claro, na televisão aberta não conheço nenhum programa cativante desta maneira...

Um abraço o /

- - Zacarias

- - Posted in Sep 13, 2008 by 189.6.157.221

Concordo em partes com o foi dito.
É claro que há muitas coisas inuteis atualmente na TV (principalmente quando se fala de " TV Aberta "), mas há sempre exceções, como a TV cultura, alguns programas, e alguns canais educativos. Perante o argumento da TV simplesmente sugar o tempo que seria UTIL para estarmos fazendo outras coisa melhores e mais produtivos, concordo com todas as palavras.

- - Thiago C J Moura

- - Posted in Sep 14, 2008 by 189.46.6.232

Concordo com vc!!!

O que faço também é ir trabalhar sempre de onibus e metro... Pois levo mais ou menos 1hora e meia pra ir... e mais 1:30 hs pra voltar!!! daqui já são 3 horas onde posso ler minha java magazine, mundo java, um livro qualquer, pensar, refletir.. enfim!!!!! fica ai a dica tb!!!!

[] ´ s



- - Felipe Regalgo

- - Posted in Sep 14, 2008 by 200.158.96.71

Assista History CHannel, Discovery e NetGeo.
Coloque em seu computador, em uma tela separada e continue trabalhando. A tv é aquilo que vc faz dela.
Só não perco meu tempo para ver notícias, porque na internet isso é instantâneo. Mas há programas bons.

- - Ronaldo

- - Posted in Sep 14, 2008 by 201.95.37.45

Quem é preguiçoso, vai ser preguiçoso com ou sem TV. Não adianta.
Concordo com o Rodrigo aí em cima. Há vários programas bons, como os do History Channel e Discovery Channel (canal que o Vitor é fã!).
É só saber usar que não prejudica.

Agora se for considerar só a TV aberta, aí lascou de vez, não salva nada... melhor vender mesmo e comprar livros com a grana.

Abraços.

- - Evandro

- - Posted in Sep 15, 2008 by 200.207.58.137

Eu acho o History Channel e o Discovery Channel uma bosta, muito infantis, mas certamente são melhores que os comuns da TV aberta.

[] s



- - Vitor Pamplona

- - Posted in Sep 15, 2008 by 143.54.13.191

Outra coisa que eu particularmente acho ridiculo é ler livros que não sejam sobre sua profissão... Por exemplo, livros como Harry Potter, essas coisas... acho q o nosso tempo livre sozinho deve ser aproveitado ao maximo para evoluirmos mais na carreira...

E sempre reservar um tempo pra divertimento claro!!!!

- - Felipe Regalgo

- - Posted in Sep 15, 2008 by 189.19.253.145

E ler livro não é um tempo para divertimento?

É cada coisa que eu vejo aqui.......

Não pode ver TV. Não pode ler livro. Não pode mascar chiclete. Daqui a pouco vem um e fala que não pode fazer sexo pois perde tempo, e não pode perder tempo pois tem que evoluir na carreira ou publicar um artigo.

Menos pessoal. Bem menos!

- - Anom

- - Posted in Sep 15, 2008 by 200.198.212.195

Aiiiiiiiiiii meu Deus, mais um revoltado com TV. hahahaha. Fala sério!
Existem milhares de programas bom na TV. Eu não perco meu tempo assistindo TV. E como disseram ai em cima, já já não se pode fazer nada.
Agora Vitor me desculpa heim, mas falar que History Channel e o Discovery Channel é uma bosta, para mim isso é falta do que falar. Eu acho os dois programas excelentes, que trazem uma grande quantidade de informação e cultura.
Mas como diz por ai, cada um no seu quadrado, né!!!

- - Mauricio

- - Posted in Sep 15, 2008 by 200.142.192.5

Felipe,

Se vc se divertir lendo Harry Potter pode ser. Agora, ler por ler, esquece. Melhor ler livros mais interessantes, que não é o mesmo que ler livros apenas da profissão.

Maurício,

HC e DC são feitos para crianças e jovens. Não que não seja interessante, mas eu me revolto com alguns os comentários superficiais e generalistas desses programas. É como assistir aquela série Cosmos que, apesar de algumas partes terem fundamento, outras não passa de uma visão minimalista. No entanto os dois canais e a série fazem você acreditar em coisas que não são necessariamente verdade.

[] s

- - Vitor Pamplona

- - Posted in Sep 15, 2008 by 143.54.13.191

Ah, eu duvido que vcs lembrem de 20% do que aprenderam vendo HC:)

- - Vitor

- - Posted in Sep 15, 2008 by 143.54.13.191

poxa cara, muito legal mesmo...
eu me lembro que li o seu post sobre o ócio criativo e depois de uns 20 dias consegui pegar o livro emprestado e li o livro. realmente foi muito legal e também começei a aproveitar mais o tempo. também abandonei a minha moto e estou andando a pé, pois esses são os meus únicos momentos em que realmente passo fazendo algum exercício físico, sou apaixonado pela música, mas na última semana acabei encontrando uns audiobooks e terminei de escutar o livro Quando Nietzche Chorou. Neste vai e vem de ir e voltar para o trabalho, e também durante o horário do almoço e depois das 6 antes de ir pra faculdade estou escutando audiobooks. Realmente é uma boa forma de aproveitar o tempo. Acabei de escutar uma palestra muito interessante também sobre pessoas sortudas e será que elas são tão sortudas assim ou abandoram a televisão a algum tempo?



- - Jonatas Davi Paganini

- - Posted in Sep 15, 2008 by 189.74.75.198

Post interessante. Eu quase não vejo TV. É o eletrodoméstico mais dispensável que tenho em casa. Tanto que eu não assino canais fechados e não tenho DVD. TV não me cativa, mas meus motivos são outros: eu simplesmente acho chato não poder lidar com a TV exatamente como lido com meu computador, por exemplo, adiantar algum programa, ou voltar, etc.

Por outro lado, os comentários me fizeram pensar no seguinte: se você usa o blog para chingar alguém, a culpa é sua ou do blog? Os mal uso que fazemos das ferramentas é culpa das ferramentas ou nossa?

ps.: mas continuo achando TV um saco!

- - Marcos Silva Pereira

- - Posted in Sep 16, 2008 by 189.81.203.136

Marcos, sobre a pergunta: se você usa o blog para chingar alguém, a culpa é sua ou do blog?

Tudo depende da influência que o blog exerce sobre você. Com blogs isso não faz sentido, mas com a TV, faz muito.

- - Vitor Pamplona

- - Posted in Sep 16, 2008 by 143.54.13.191

Parei de ver televisão, pois estava me tomando muito tempo.
Parei de trabalhar, pois estava me tomando muito tempo.
Parei de estudar, pois estava me tomando muito tempo.
Parei de transar, pois estava me tomando muito tempo.

Agora só fico pensando, o dia inteiro, praticamente o ócio criativo. Acho que minha esposa vai pedir o divórcio

- - Anom

- - Posted in Sep 16, 2008 by 200.198.212.195

se for pra transar com uma gordinha feia só por transar... ai prefiro estudar pra ganhar mais... ficar rico e pegar umas minas muito gata!!!!! hauahua

Moral da historia: " Gaste seu tempo com algo q vale a pena!!!! "

- - Felipe Regalgo

- - Posted in Sep 16, 2008 by 189.19.253.145

e " o que vale a pena "?
quem decidi?



- - CH

- - Posted in Sep 17, 2008 by 62.225.107.202

Para os que ainda não venderam a TV, quinta-feira tem mais um episódio da séria " a história da internet " no DC.
Hehehehehehhe
Quando morei em Recife fiquei 6 meses sem TV. Foi meu período mais produtivo com relação a estudos.

- - LenoardoFernandes

- - Posted in Sep 17, 2008 by 200.199.64.188

e " o que vale a pena "?
quem decidi?

- - CH


O que " vale a pena " na minha opinião são as coisas que vc faz para conseguir atingir seus objetivos q foram traçados pra vida! até para que vc possa usufruir desses beneficios o mais rapido possivel e nao quando vc tiver 60 anos!!!!

quando falo objetivo não estou falando apenas em objetivo profissional, mas sim um molde de vida " perfeita " que vc traçou! portanto " assistir TV ", ou fazer determinadas coisas na maioria dos casos apenas retardar sua conquista fazendo com que vc consiga comprar aquele carrão q vc sempre sonhou quando vc tiver 50 anos de idade... e com cinquenta anos que mina vc vai querer pegar??? nenhuma.....

Portanto eu quero conquistar logo meus objetivos e portanto não perco tempo com coisas q vão retardar minhas conquistas.... lembrando q pegar mulher esta entre meus objetivos!!! portanto ao inves de assistir TV vai estudar, vai pegar mulher.... use seu tempo!!!

- - Felipe Regalgo

- - Posted in Sep 17, 2008 by 189.19.253.145

Vitor,

continua sendo sua responsabilidade.

- - Marcos Silva Pereira

- - Posted in Sep 17, 2008 by 189.70.167.163

Marcos,

Não concordo mesmo. Ou você nunca foi enganado? O que a TV faz é isso, te enganar.:)

[] s

- - Vitor Pamplona

- - Posted in Sep 17, 2008 by 143.54.13.191

Nesse caso pare de ler jornais e revistas, pois jornalistas são parciais.

Pare de ler artigos científicos, pois por mais que mostre a realidade é um humano que está escrevendo e, querendo ou não, tem um ponto de vista ali por trás.

Pare de conversar com as pessoas, você está perdendo tempo. Muitas discussões são de pontos de vista diferentes do seu e, por isso, irreais. Estão te enganando.

E por aí vai.

Já postei algo aqui antes, vou replicar o post antigo:

Vitor, a questão é que parece que você não aprende. Tudo o que você está fazendo atualmente é o bom e o resto é o ruim. Aí ano que vem você vai começar a mexer com outra coisa e essa outra coisa vai virar a sua centéssima maravilha do mundo, e as outras coisas já não serão mais a oitava maravilha do mundo.

Concordo com você, a gente tem que saber ver os erros também, e isso você faz (parabéns). Mas tem que tentar não errar de novo. Você vê seus erros passados, mas faz tudo de novo, achando que o que 10 é o que você está fazendo agora....

- - Anom

- - Posted in Sep 17, 2008 by 200.198.212.195

Anom,

Qualquer pessoa é parcial, mas existe uma grande diferença em um " parcialista " amador e um " parcialista " profissional, também chamado de ilusionista (TV).

> " Tudo o que você está fazendo atualmente é o bom e o resto é o ruim "

Eu não disse isso, isso é interpretação sua, errada por sinal. O fato de eu defender meu ponto de vista não quer dizer que eu desconsidere os outros. Mais atenção na leitura, por favor.

> " a sua centéssima maravilha do mundo "

Pare de enfiar palavras no meu texto. Leia direito!

Talvez o fato de eu nunca dizer que o que faço agora é pior que o que eu fazia anteriormente, te incomode. No entanto isso * nunca * acontece comigo. Tenho liberdade e inteligência suficiente para parar de fazer algo pior do que antes.

E se você busca textos medíocres (no sentido de serem sempre medianos semelhantes a uma reportagem de jornal) está no lugar errado.

[] s

- - Vitor Pamplona

- - Posted in Sep 17, 2008 by 143.54.13.191

Vitor, quanto a

" Talvez o fato de eu nunca dizer que o que faço agora é pior que o que eu fazia anteriormente, te incomode. "

não é isso. O que incomoda é o seguinte.

Hoje você invoca com X. Beleza, X é tudo de bom. Aí amanhã você descobre Y e já começa a bradar pelos 4 cantos que X é uma bosta. Pera lá.... nem tanto o céu nem tanto a terra! Veja esse texto mesmo, releia e veja exatamente o que acontece. Você agora implicou com TV e acha que todo mundo deveria largar de ver TV. Uma semana atrás ver TV não era essa desgraça toda. É essa a idéia que você quer passar? Se não for, reavalie a forma como escreve. As vezes você não está sabendo se expressar tão bem assim.

Outra coisa, eu não estou enfiando palavras no seu texto. Só estou fazendo interpretações de todos os textos que você já postou até hoje (já li esse blog e o antigo). Você não quer pessoas fazendo interpretações pq? Isso te incomoda? Desculpe se eu não sou um dos seus amigos puxa-saco.

Em relação a minha busca por textos, eu procuro textos bons, e infelizmente não encontro aqui todas as vezes. E como a porta de saída é serventia da casa, estou indo. Continue aí com os comentários só dos puxa-saco, afinal uma discussão só é boa quando todo mundo concorda, correto?

[] ' s
Anom

- - Anom

- - Posted in Sep 18, 2008 by 200.198.212.195

Liga não pamplona, como vc sempre diz, algumas pessoas não estão prontas para receber determinadas informações.

- - Senhor X

- - Posted in Sep 18, 2008 by 143.54.13.206

Anom,

Leia isso: Tipos de Post neste Blog

[] s

- - Posted in Sep 18, 2008 by Vitor Pamplona

A TV é uma perca de tempo.

- - Amora

- - Posted in Sep 26, 2008 by 189.48.17.53

Bastter, um sábio colega, sobre a TV, já disse: " largue a máquina de criar idiotas ".

Pode até ter algumas coisas boas lá... ah, mas são realmente poucas.

Inclusive sobre idiotas ele também tem um sábio pensamento:
" Não discuta com um idiota.
Você nunca vai convencê-lo de nada.
E se ficar muito tempo perto dele.
Ele ainda te convence de alguma idiotice. "

[] ' s
Alessandro Gonçalves
http://www.dicasefatos.com.br

- - Posted in Oct 20, 2008 by 201.83.122.226

CREIO QUE NÃO É PRECISO SE DESFAZER DA TV. BASTA ADMINISTRAR MELHOR O TEMPO E SELECIONAR O QUE VER OU NÃO. UM ABRAÇO!

- - CÉZAR

- - Posted in Jun 1, 2009 by 201.67.84.54

Add New Comment

Your Name:


Write the code showed above on the text below.