Vitor Pamplona

Innovation on Vision: Imaging , Enhancement and Simulation

Tipos de Post neste Blog

 Para evitar comentários como: " ah Vitor, é meio estranho ouvir isso de você, antigamente você falava ao contrário ", resolvi esclarescer o motivo da existência deste e do meu antigo blog. Gostaria de deixar claro que cada post representa a minha opinião, baseado nas minhas análises e na minha experiência. Nada me impede de mudar de opinião, por mais ferrenho e chato que eu possa ter sido no passado (ou que eu venha ser no futuro). Normalmente os posts são contos sobre meus erros no passado, minhas apostas para o futuro e análises críticas sobre alguma tecnologia ou teoria.

Primeiramente, gosto de ser sincero. Comigo não existem flores nem arranjos. Digo tudo na lata, doa a quem doer. Talvez não seja a melhor abordagem, mas diante de várias outras, acredito ser a melhor. Tento sempre ser o mais curto e direto possível, embora que muitas vezes isso seja um veneno. Ao contrário daquelas pessoas que escrevem posts perfeitos, a comunicação curta e direta deixa lacunas que podem ser exploradas nos comentários. Por exemplo, quando eu escrevi dizendo que o Netbeans é feio eu não falei das qualidades dele, apenas dos defeitos em relação a UI e a performance, o que abriu resposta para: " Ah, mas você não considerou isso, aquilo e aquilo outro. ". Claro que não, estava falando da feiura, o resto não importava para aquele post.

Os meus posts, quando não falam sobre algo novo, relatam alguma experiência minha no passado, generalizada para as pessoas com o meu perfil da comunidade. Ao contrário de muitos blogs por aí, que existem apenas para aumentar a " moral " do seu autor, os meus posts, se lidos com a devida atenção, são, em sua maioria, críticas a mim mesmo. Normalmente, o resumo do que eu escrevo é algo como: " Vitor, seu idiota, vc fez cagada! ", com essa entonação. Foi assim com o post sobre Reconstruindo muitas Rodas, o qual relata um problema meu de tentar re-escrever tudo em Java e evitar ports. Quem não lembra da época em que eu evangelizava o uso do notepad para desenvolver aplicações Swing? O post sobre Netbeans é feio, é uma crítica a mim, pois antigamente eu achava o Swing lindo, praticamente a oitava maravilha do universo. O Escravos do próprio ego é outra crítica a mim. Eu sou um destes escravos. Escrevo e reviso artigos de graça para algumas empresas.

 Utilizo o blog como uma forma de aliviar os constrangimentos sobre ações minhas no passado. Com isso, auxilio aqueles que não passaram por uma determinada experiência, mostrando o caminho errado de se fazer. O problema é que certas vezes eu entro em contradição. O Tetsuo, o Marcos e algumas outras pessoas já me disseram: Os seus posts, Vitor, tem sempre uma mensagem subliminar. Você sempre quer transmitir algo com toda a história que está contanto. Algo além daquela mensagem que uma leitura direta transmitiria. Algo mais profundo do que os teus argumentos passíveis de contradição. A questão é: como posso ser claro e direto, mas ter uma mensagem escondida no texto? Talvez eu não seja tão claro e direto como eu gostaria, ou talvez, eu tente escrever sobre mais de uma coisa ao mesmo tempo e resulta nestes meus posts. Bom, quem sabe.

No mais, este post foi só para esclarecer mesmo, acho que não deixei nenhuma mensagem subliminar nele. A moral é que, por mais que eu ofenda as outras pessoas com as minhas palavras, acreditem, o mais ofendido sou eu.:)

The following pages are talking about "Tipos de Post neste Blog":

Posted in Sep 18, 2008 by Vitor Pamplona - Edit - History

Showing Comments

Bom dia!

Vitor,
Em geral é difícil concorda com suas opniões:)
Lendo este post entendi sua forma de pensar, quer dizer, acho q entendi.
Eu penso da seguinte forma pra avaliar qq coisa: " Vejo o passada, presente e tento o futuro ". Acho q vc não é compreendido, em algumas partes, por expor somente um lado da meada:)
Mas agora vou ler de outra forma seus posts.
E outra coisa, quem não está satisfeito, fácil, só não entrar mais no seu blog. Mas se mesmo assim entram, é pq tem alguma coisa q interessa:):)

t +

- - Fábio Vendramin Guimarães

- - Posted in Dec 20, 2007 by 201.47.37.27

Vitor, a questão é que parece que você não aprende. Tudo o que você está fazendo atualmente é o bom e o resto é o ruim. Aí ano que vem você vai começar a mexer com outra coisa e essa outra coisa vai virar a sua centéssima maravilha do mundo, e as outras coisas já não serão mais a oitava maravilha do mundo.

Concordo com você, a gente tem que saber ver os erros também, e isso você faz (parabéns). Mas tem que tentar não errar de novo. Você vê seus erros passados, mas faz tudo de novo, achando que o que 10 é o que você está fazendo agora....

Bom, são só coisas pra refletir. Até pq isso não muda em nada o seu trabalho.

- - max

- - Posted in Dec 20, 2007 by 200.198.212.195

hahahahaha não se preocupa vitor, a gente te entende:)

- - Cristiano

- - Posted in Dec 20, 2007 by 143.54.13.84

Legal esse post de esclarecimentos. Só não sei como tu podia achar o Swing uma maravilha e depois achar feio. Eu, no caso, sempre achei feio, horrível, deprimente. Tanto pra olhar, quanto pra programar. Pelo aspecto, aquele lilás era deprimente (o tema azul claro é beeem melhor). Pra programar, eu achava horrível porque nos defaults saía tudo torto, gigante, ou desalinhado... Tem que passar mil parâmetros pra ajeitar... (Isso foi há mais de 4 anos, não sei se está diferente)

- - Marcus Aurelius

- - Posted in Dec 21, 2007 by 201.10.23.153

Ola estou procurando novos parceiro pro meu site http://teragames.com.br
se interessar mande um e-mail para sergiocdesigner@hotmail.com

- - Sergio capuzzo

- - Posted in Oct 28, 2011 by 201.1.208.92

Add New Comment

Your Name:


Write the code showed above on the text below.